-


100º Tour de France: conheça as etapas da competição

 
  Divulgação


No dia 29 de junho, na Córsega, começa a 100ª edição do Tour de France. Ao longo de 23 dias, até a chegada em Paris, no dia 21 de julho, a elite do ciclismo mundial terá percorrido 3.360 quilômetros.

Nesta edição, serão seis etapas de montanha, com quatro finais no topo, cinco etapas em terreno acidentado, sete etapas planas, dois contrarrelógios individuais e uma crono por equipe.

 

As etapas

29 de junho – Etapa 1 – Porto-Vecchio a Bastia. Pela primeira vez em sua história, o Tour de France visita a Córsega. A etapa à beira-mar colocará frente a frente os melhores sprintistas da temporada.

30 de junho – Etapa 2 – Bastia a Ajaccio . Ainda na Córsega, a etapa percorre algumas colinas, o que deve dificultar a vida dos velocistas.

1 de julho – Etapa 3 – Ajaccio a Calvi. No terceiro dia e último dia na Córsega, o pelotão percorre novamente a costa da ilha.

2 de julho – Etapa 4 – Nice. Contrarrelógio por equipes.

3 de julho – Etapa 5 – Cagnes-sur-Mer a Marselha. A rota pelo sul da França é a segunda mais longa da prova e apresenta algumas das mais belas paisagens do Tour.

4 de julho – Etapa 6 – Aix-en-Provence a Montpellier. Etapa plana em uma região em que o vento e o calor podem ser os principais adversários.

5 de julho – Etapa 7 – Montpellier a Albi. Etapa de recuperação, um dia antes de o pelotão chegar aos Pirineus.

6 de julho – Etapa 8 – Castres a Ax 3 Domaines. Primeira etapa de montanha da prova, com chegada em Ax 3 Domaines. O Col de Pailhères (15,3 km a 8%) é brutal, enquanto a subida final, de 7,8 km, deve definir a hierarquia da corrida.

7 de julho – Etapa 9 – Saint-Girons a Bagnères-de-Bigorre. Dia clássico nos Pirineus, com cinco cols em apenas 130 km antes da descida para Bagnères-de-Bigorre.

8 de julho – Primeiro dia de descanso.

9 de julho – Etapa 10 – Saint-Gildas-des-Bois a Saint-Malo. Nesta etapa plana, no Oeste da França, o pelotão vai homenagear heróis do passado do Tour. Pela primeira vez, os ciclistas vão passar pela academia militar Coëtquidan. Cadetes de elite da escola militar de Saint-Cyr anunciaram que vão se alinhar ao longo da estrada para saudar o pelotão.

10 de julho – Etapa 11 – Avranches Mont-Saint-Michel. Crono individual vai terminar no turístico Mont Saint-Michel, segunda atração mais popular da França, depois da Torre Eiffel.

11 de julho – Etapa 12 – Fougères a Tours. Etapa longa que deve privielgiar os velocistas.

12 de julho – Etapa 13 – Tours a Saint-Amand-Montrond. Etapa intermediária.

13 de julho – Etapa 14 – Saint-Pourçain-sur-Sioule a Lyon. Etapa com duras subidas no retorno do pelotão ao Sul da França, um dia antes da longa jornada ao Mont Ventoux.

14 de julho – Etapa 15 – Givors a Mont Ventoux. O Dia da Bastilha terá a etapa mais longa do Tour 100. O desafio inclui o Géant de Provence, uma terrível subida íngreme (20,8 km a 8%) depois de 220 km de pedaladas.

15 de julho – Segundo dia de descanso.

16 de julho – Etapa 16 – Vaison-la-Romaine a Gap. Muitos dos ciclistas do Tour 100 têm no currículo vitórias em Gap, como Alberto Contador, Thor Hushvold, Sergio Paulinho e Pierrick Fedrigo.

17 de julho – Etapa 17 – Embrun a Chorges. Contrarrelógio individual.

18 de julho – Etapa 18 – Alpe d'Huez. Nesta edição, o pelotão vai subir o icônico Alpe d'Huez duas vezes. Grandes batalhas são esperadas.

19 de julho – Etapa 19 – Bourg-d'Oisans a Le Grand-Bornand. Os sobreviventes da etapa anterior terão de ter ainda mais pernas para atravessar os Alpes novamente.

20 de julho – Etapa 20 – Annecy / Annecy a Semnoz. Circuito curto e desafiador.

21 de julho – Etapa 21 – Versalhes a Paris (Champs-Elysees). A grande final em Paris vai contar com chegada à noite, sob as luzes do Arco do Triunfo.

CONFIRA O VIDEO COM AS ETAPAS:

Fonte: Bicicleta