-


Tour de France 2013 – Etapa 13: A etapa mais emocionante dos últimos anos! Cavendish venceu

 
 



Hoje tivemos a etapa mais emocionante dessa edição e de muitas outras edições passadas do Tour de France. O vento arrebentou com o pelotão e as algumas equipes fizeram um trabalho extremamente inteligente.

Mudou praticamente tudo no Tour de France a partir da etapa de hoje. Froome perdeu um bom tempo em relação a Contador. Alejandro Valverde está totalmente sem chances de conseguir alguma coisa na Geral, o ciclista Bauke Mollema (Belkin) subiu para a segunda posição e mais um monte de coisa aconteceu.

Antes de toda a confusão começar, uma fuga saiu… Yohann Gene (Team Europcar), Ruben Perez (Euskaltel-Euskaltel), Luis Mate (Cofidis), Przemyslaw Niemiec (Lampre-Merida), Kris Boeckmans (Vacansoleil-DCM) e Cyril Lemoine (Sojasun) escaparam nos primeiros quilômetros e abriram 4 minutos de vantagem.

A Omega-Pharma botou para "F"

Faltando 86 km para o final da etapa, o pelotão estava em uma estrada estreita e com um forte vento cruzado. A equipe Omega-Pharma então percebeu que poderia partir o pelotão e Tony Martin, com toda a sua força de contra-relogista colocou um paço alucinante e quebrou o pelotão em dois. Marcel Kittel (Argos Shimano) acabou ficando no corte e a Omega-Pharma continuou acelerando para eliminar as chances de Kittel vir para a chegada.

A decisão errada de Valverde

Alejandro Valverde (Movistar) tomou uma péssima decisão, que lhe custou o pódio no Tour de France. Ele furou o pneu e ao invés de pegar a bike de um companheiro de equipe dele, para continuar no pelotão, ele preferiu trocar a roda com o seu companheiro de equipe e perdeu tempo.

Como os dois pelotões estavam acelerando muito e o vento estava cruzado, ele não conseguiu voltar para o pelotão. Seus companheiros de equipe fizeram muita força mas não adiantou. Valverde agora está fora da disputa pela Classificação Geral, pois chegou 10 minutos atrás do pelotão vencedor.

O ataque da Saxo-Tinkoff

Faltando 31km para o final, mais uma vez o pelotão estava em um local muito exposto ao vento e a equipe de Contador deu uma sapatada que espatifou o pelotão novamente. Somente 14 ciclistas formaram esse grupo que agora liderava a prova, incluindo Alberto Contador, Mark Cavendish e Peter Sagan.

A equipe Sky mais uma vez mostrou que está vulnerável e o líder geral da competição, Chris Froome, acabou ficando para trás. Os gregários de Froome tentaram buscar os escapados, mas não deram conta.

A Saxo-tinkoff seguia acelerando muito e abriram um minuto de vantagem sobre o grupo de Froome.

A chegada

Mark Cavendish declarou no final da etapa que ele quase ficou para trás na hora que o ataque da Saxo-Tinkoff aconteceu. Um gregário dele o lançou ele teve que sprintar para se juntar ao grupo.

Agora, o único adversário de Cavendish era Peter Sagan. Uma vez que Greipel e Kittel espalhados nos grupos que estavam quebrados para trás.

Na hora da chegada, Cavendish contou com a ajuda de Sylvain Chavanel para embalá-lo. Chavanel vinha puxando e Peter Sagan vinha em sua roda, com Cavendish logo atrás. Quando o britânico acelerou, Sagan não conseguiu acompanha-lo.

Froome cruzou a linha de chegada 1:09 atrás de Contador… Froome ainda tem muita vantagem sobre os adversário… Mas está cada vez mais evidente que a Sky não está bem… Froome vai ter que segurar esse rojão sozinho. E isso e difícil demais.

Resultados

1 Mark Cavendish (GBr) Omega Pharma-Quick Step 3:40:08
2 Peter Sagan (Svk) Cannondale Pro Cycling
3 Bauke Mollema (Ned) Belkin Pro Cycling Team
4 Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team
5 Niki Terpstra (Ned) Omega Pharma-Quick Step
6 Roman Kreuziger (Cze) Team Saxo-Tinkoff
7 Alberto Contador Velasco (Spa) Team Saxo-Tinkoff
8 Laurens Ten Dam (Ned) Belkin Pro Cycling Team
9 Sylvain Chavanel (Fra) Omega Pharma-Quick Step 0:00:06
10 Michael Rogers (Aus) Team Saxo-Tinkoff 0:00:09

Geral

1 Christopher Froome (GBr) Sky Procycling 51:00:30
2 Bauke Mollema (Ned) Belkin Pro Cycling Team 0:02:28
3 Alberto Contador Velasco (Spa) Team Saxo-Tinkoff 0:02:45
4 Roman Kreuziger (Cze) Team Saxo-Tinkoff 0:02:48
5 Laurens Ten Dam (Ned) Belkin Pro Cycling Team 0:03:01
6 Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team 0:04:39
7 Michal Kwiatkowski (Pol) Omega Pharma-Quick Step 0:04:44
8 Nairo Alexander Quintana Rojas (Col) Movistar Team 0:05:18
9 Jean-Christophe Peraud (Fra) AG2R La Mondiale 0:05:39
10 Joaquim Rodriguez Oliver (Spa) Katusha 0:05:48


Fonte: Pra quem pedala.