-



Giro d'Itália 2013 – 5ª Etapa: Hoje teve brasileiro na fuga, queda no último km e um final emocionante

   
   




O Brasileiro Rafael Andriato foi um dos componentes da fuga da etapa de hoje. No final tivemos uma queda enorme nos últimos metros e Jonh Degenkolb venceu brilhantemente.

Fuga do dia. Rafael é o de verde lá atrás
Logo no começo da etapa de hoje, com apenas 5 km, uma fuga de 5 ciclistas se formou. Entre eles estava Rafael Andriato, o ciclista brasileiro que corre pela equipe Vini-Fantini, junto com Tomas Gil (Androni Venezuela), Stefano Pirazzi (Bardiani Valvole), Alan Marangoni (Cannondale), Ricardo Mestre (Euskaltel-Euskadi), Brian Bulgac (Lotto Belisol).

Além de participar da fuga, Rafael venceu as metas volantes do percurso. O cara tá andando pra caramba. Mas infelizmente a fuga não conseguiu se manter até o final.

Pelotão buscando
Faltando 60km para o final as coisas pareciam promissoras para a fuga, o pelotão estava com 6 minutos de desvantagem e o ritmo da fuga estava sólido. Mas o pelotão começou a acelerar e a vantagem da fuga começou a cair drasticamente. Com um pouco mais de 20km para o final a fuga foi extinta. Logo antes da subida de categoria 4 do dia.

A subida foi demais para Cavendish

A grande dúvida do dia era se Cavendish conseguiria ultrapassar a subida do dia, que ficava a pouco menos de 20km da linha de chegada. Apesar de ter classificação 4 (relativamente tranquila) a subida tinha um final bem inclinado e Cavendish bateu lata…

Sua equipe até que tentou coloca-lo novamente no pelotão após a subida, mas o grupo principal aumentou a velocidade e Cavendish não conseguiu mais alcançar os líderes.

O final conturbado

A equipe convidada Bardiani Valvole, que vem fazendo uma excelente participação no Giro, veio embalando o pelotão, junto com a BMC e Argos Shimano. Com 1,2km para a chegada, uma curva de 90 graus para a esquerda oferecia um grande risco para o pelotão, uma vez que uma tempestade que tinha caído mais cedo, deixou o piso encharcado.

Na curva, o embalador de Degenkolb perdeu a tração da roda dianteira e deu bom a cara no chão derrubando um monte de gente… Marco Canola da Bardiani conseguiu escapar e disparou para a linha de chegada. Degenkolb que depois de fazer um " drift", desencaixar um pé, rezar três "Ave Marias" e desviar de um monte de gente conseguiu não cair e partiu em perseguição ao Canola.

Parecia que Marco Canola ganharia, mas Degenkolb estava se aproximando rápido. Faltando uns 200 metros o alemão ultrapassou o italiano e seguiu fazendo muita força para cruzar a linha de chegada.

Ele conseguiu a vitória e caiu logo após a linha de chegada, completamente exausto, após ter passado praticamente 1km sprintando! Foi um final muito TOP!

Amanhã

Amanhã vai dar chegada compacta com 95% de certeza… A não ser que algo muito inesperado aconteça. Podemos esperar uma bela performance de Cavendish! Veja mais detalhes aqui.

Resultados

1 John Degenkolb (Ger) Team Argos-Shimano 4:37:48
2 Angel Vicioso Arcos (Spa) Katusha
3 Paul Martens (Ger) Blanco Pro Cycling Team
4 Sergio Luis Henao Montoya (Col) Sky Procycling
5 Matteo Trentin (Ita) Omega Pharma-Quick Step
6 Jarlinson Pantano (Col) Colombia
7 Daniel Oss (Ita) BMC Racing Team
8 Jens Keukeleire (Bel) Orica-GreenEdge
9 Grega Bole (Slo) Vacansoleil-DCM Pro Cycling Team
10 Tanel Kangert (Est) Astana Pro Team

Geral

1 Luca Paolini (Ita) Katusha 19:56:39
2 Rigoberto Uran Uran (Col) Sky Procycling 0:00:17
3 Benat Intxausti Elorriaga (Spa) Movistar Team 0:00:26
4 Vincenzo Nibali (Ita) Astana Pro Team 0:00:31
5 Ryder Hesjedal (Can) Garmin-Sharp 0:00:34
6 Bradley Wiggins (GBr) Sky Procycling
7 Giampaolo Caruso (Ita) Katusha 0:00:36
8 Sergio Luis Henao Montoya (Col) Sky Procycling 0:00:37
9 Mauro Santambrogio (Ita) Vini Fantini-Selle Italia 0:00:39
10 Cadel Evans (Aus) BMC Racing Team 0:00:42
Tags: Giro 2013

Fonte: Pra quem pedala