-



Nairo Quintana é recebido como um herói na Colômbia

   
  Foto de divulgação  
     


Em entrevista, atleta da Movistar falou de seus planos para o Mundial de Ciclismo

Nairo Quintana se emocionou com a recepção dos fãs na Colômbia
Nairo Quintana foi recebido como herói na Colômbia. O ciclista de 23 anos falou, na manhã desta quarta-feira (14 de agosto) aos jornalistas em Bogotá, acompanhado pelo gerente da Movistar, Eusebio Unzué. Quintana, que foi condecorado pelo presidente Juan Manuel Santos, deu um show de simpatia. "Vejo a cara de alegria das pessoas, todo mundo tão feliz, isso me faz muito mais feliz. A recepção que tive foi espetacular. Meus pais e minha família somos muito gratos", afrmou.

O ciclista, vice no Tour de France, declarou que não esperava a evoluir tão rápido no ciclismo profissional e que, a partir de agora, espera continuar melhorando para "um dia para dar para a Colômbia a vitória da prova francesa".

Hoje, só tem olhos para o Mundial de Ciclismo, que será disputado na Toscana, Itália, em setembro. Para Quintana, será "uma excelente oportunidade" para ganhar uma medalha. "Estou animado." Por isso, fez questão de deixar claro seu objetivo de voltar à Colômbia: "Eu vim para treinar. Vou fazer um trabalho específico em Boyaca (sua terra natal)", completou. O percurso do Mundial será perfeito para Quintana explorar suas características de escalador. "Nós temos uma seleção adequada e uma oportunidade, uma grande oportunidade de trazer uma medalha para a Colômbia", afirmou.

Questionado sobre a declaração de Lance Armstrong de que não é possível vencer o Tour de France sem recorrer ao doping, o ciclista Movistar foi claro: "Eu acho que era impossível para ele, naquela época".

Veja vídeo do jornal La Tarde



Fonte: Bike Magazine.