-



Purito é bicampeão na Lombardia

   
     


Uma semana após perder o Mundial, espanhol dá a volta por cima, repete vitória de 2012 e assume liderança do ranking do Pro Tour

Uma semana após perder 'a prova da sua vida', Joaquin Rodríguez (Katusha) deu a volta por cim.

Vice-campeão mundial, o espanhol conquistou no último domingo (06) o bicampeonato do Giro di Lombardia (Itália), última clássica monumental do ciclismo europeu. Com um ataque solitário nos últimos quilômetros, Purito manteve uma confortável distância de 17s para seus concorrentes Alejandro Valverde (Movistar) e Rafal Majka (Saxo-Tinkoff), que completaram o pódio."Honestamente eu acho que foi uma vitória espetacular.

O Giro di Lombardia é uma das mais importantes competições da temporada, uma Clássica Monumental, então eu estava muito motivado e queria repetir a vitória de 2012", declarou o campeão.

E além do troféu, os pontos conquistados pelo título levaram Rodríguez ao topo do ranking do World Tour, desbancando Chris Froome (Sky), que desde o final do Tour de France liderava. Agora o espanhol possui 607 pontos contra 587 do britânico.

O Tour of Beijing (11 a 15 de outubro) fecha a temporada.O Giro in Lombardia foi disputado debaixo de chuva.

Foram 242 km entre Bergamo e Lecco em um percurso com cinco montanhas o que propiciou inúmeros ataques. Um acidente quando restavam 92 km fez diversos ciclistas caírem entre eles Vincenzo Nibali (Astana), que foi obrigado a abandonar a prova.

Thomas Voeckler (Europcar) realizou um ataque solo quando restavam 60 km para a meta. O francês chegou a abrir mais de 3 minutos, mas com 15 km para o fim, o pelotão já estava a 1 minuto. Na marca do km 11, Voeckler foi neutralizado.

Na última montanha, Rodríguez escapou e não foi acompanhado.

"Eu estava me sentindo muito bem e ataquei no mesmo local do ano passado. Eu era o favorito e acho que todos sabiam da minha estratégia e aguardaram pela minha ação. Mas ninguém conseguiu me acompanhar então esta incrível vitória solo me deixa muito orgulhoso e também porque agora eu sou o líder do ranking do World Tour, uma classificação que me significa muito", finalizou.

Top 10

1. Joaquim Rodríguez (ESP) Katusha Team
2. Alejandro Valverde (ESP) Movistar Team @ 17s
3. Rafal Majka (POL) Team Saxo-Tinkoff @ 23s
4. Daniel Martin (IRL) Garmin-Sharp @ 45s
5. Enrico Gasparotto (ITA) Astana Pro Team
6. Daniel Moreno (ESP) Katusha Team @ 55s
7. Pieter Serry (BEL) Omega Pharma-Quick Step
8. Franco Pellizotti (ITA) Androni Giocattoli-Venezuela
9. Ivan Santaromita (ITA) BMC Racing Team
10. Robert Gesink (HOL) Belkin Pro Cycling


Fonte: Prologo