-


Brasil fica sem medalhas na Elite do XCO do Pan-Americano

  Divulgação  
   
  Pódio da Elite do XCO em Barbacena (MG)  

Nas provas de cross country disputadas neste domingo, a única medalha para o Brasil foi a prata conquistada por Luiz Cocuzzi na Sub 23

O Brasil ficou sem medalhas na Elite do mountain bike dos Jogos Pan-Americanos de MTB, realizados em Barbacena (MG). O time brasileiro para as provas de XCO foi composto por 12 atletas. Neste domingo (30 de março), a única medalha no XCO foi conquistada por Luiz Henrique Cocuzzi, na Sub 23.

Na prova Elite Masculino, que encerrou a programação do evento, o ouro foi para o norte-americano Stephen Ettinger, com o tempo de 1h44min08s, a prata para o colombiano Fabio Castaneda, com o tempo de 1h45min08s, e o bronze foi para o canadense Raphael Gagne, com 1h45min12s.

Ettinger, que integra a equipe BMC, foi o campeão do XCO dos Estados Unidos no ano passado.

O brasileiro melhor colocado foi o catarinense Ricardo Pscheidt, na 6ª colocação, com 1h48min48s. Henrique Avancini, que liderou a prova na 1ª volta, sofreu uma queda, mas recuperou posições. Na 5ª volta no circuito, estava entre os primeiros quando teve problemas no pneu traseiro e perdeu tempo ao parar no apoio para fazer a troca. O biker terminou na 11ª colocação, com o tempo de 1h51min16s.

Na Elite feminino, a mexicana Daniela Campuzano foi ouro, com o tempo de 1h44min31s; a canadense Mikaela Kofdman ficou com a prata, com o tempo de 1h45min09s, e a norte-americana Mary McConneloug com o bronze, com 1h45min49s.

No XCO Sub 23 Masculino, o vencedor foi o colombiano Jonathan Botero, o brasileiro Luiz Henrique Cocuzzi foi prata e o canadense Antonie Caron foi bronze.

No Feminino, Ines Gutierrez, da Argentina, foi ouro, Xilomara Guerrero, da Colômbia, foi prata, e Frederique Trudel, do Canadá, ficou com o bronze.

Veja os resultados completos aqui


Fonte Bike Magazine